Jornal Cidade - Uruaçu-GO
COLUNAS
AGENDA POLÍTICA
SOCIAL
RELIGIÃO
SABOR DA LEITURA
SAÚDE DO CORAÇÃO
ESPAÇO ESPÍRITA
ESPECIAIS
IMAGEM...
ACONTECIMENTOS
ESTREVISTAS
ARTIGOS
URUAÇU - HISTÓRIA
SERVIÇOS
FALE CONOSCO
SEJA ASSINANTE
SEJA ANUNCIANTE
INFORMES
EVENTOS
NOSSO JORNAL
EXPEDIENTE
WEBMAIL

 

 

 
ESTREVISTAS
06-01-2016 19:01:09
Zorão visa honrar presidência com boa atuação parlamentar e entregando obras

Novo presidente da Câmara de Vereadores de Uruaçu, Valmi Mateus da Fonseca (Zorão [PT]) idealizou cumprir todo o mandato-chefe dele centrado na excelência legislativa, dialogando bem, procedendo conforme o Regimento Interno, a Lei Orgânica do município, a Constituição Federal (CF) e, destinando economias para investimentos em obras civis na sede da Casa de Leis, entre elas a edificação de espaço para o arquivo geral; e, a construção de mais um banheiro público. Da mesma forma, a aquisição de mais um veículo, pois apenas o atual não atende as demandas. Tudo dependerá do duodécimo mensal. Leia a entrevista, gravada na tarde de 4 de janeiro e, que contém dados atualizados em função de novidades surgidas nos dias seguintes.

 

Presidente Zorão, durante entrevista: cumprimento de normas constitucionais e investimento – Fotos: Márcia Cristina e Jota Marcelo

4 de janeiro de 2016: Zorão, ao adentrar oficialmente como presidente o edifício Vereador José Fernandes Neto, sede da Câmara

De imediato, na entrada, o presidente atendeu um munícipe que o aguardava para rápido diálogo: Isaias Cândido, do setor Vale do Sol

Saudando três funcionárias da Casa de Leis: Marlene Baião (esq.), Maria Godoi e Ivone Siqueira

Comitiva uruaçuense na Superintendência da Caixa em Anápolis. Entre os presentes (na foto), vereadores Zorão e Jairo Balbino; prefeita Solange Bertulino; e, Domingas Quilombola – Foto: Divulgação

Como se sente em ocupar o cargo de presidente?

Estou feliz, com bastante tranquilidade e sei da grande responsabilidade. Nós já esperávamos por isso há dois anos, quando coloquei o meu nome para disputar a presidência da Câmara. Perdi e esperava ocupar essa cadeira hoje, mas com bastante tranquilidade e eu vejo que têm vários problemas este ano para serem resolvidos. É um ano político e, estamos preparados para praticar os trabalhos que Uruaçu precisa para continuar desenvolvendo. Em todos os momentos trabalharei com qualidade legislativa, institucional, republicana, dentro das normas, de acordo com o que está no Regimento Interno da Casa, na Lei Orgânica do nosso querido município e como reza a Constituição Federal de 1988.

O que representa comandar o Poder Legislativo uruaçuense?

Para mim é um motivo de orgulho, porque vinha lutando há vários anos para ser vereador, o que já é difícil. Foram quatro candidaturas [1992 (160 votos); 2000 (206); 2004 (270); e, 2012 (415)] e, conseguimos ser vereador. E, chegar a presidência da Câmara é muito mais difícil, mas graças a Deus e aos apoios dos colegas acabou eu estando aqui hoje. Vou trabalhar muito para honrar a minha função, sempre buscando fazer o de melhor para a Câmara e a comunidade, afinal isso representa longa dedicação de anos na defesa dos interesses de Uruaçu, num todo e, da população.

Fale sobre a importância das seis Comissões Permanentes.

Na Câmara, temos que estar prontos. As Comissões inclusive, para análise, para aprovação ou não de um projeto, por exemplo. Estamos no período do recesso parlamentar, dificilmente teremos sessão extraordinária neste mês, mas, como é habitual, dentro de janeiro, reunimos com todos os vereadores para formarmos as Comissões. Seja numa situação de emergência negativa, tipo o que aconteceu em Mariana [-MG], problema da barragem ou, lá no Sul, com as enchentes, ou algo de positivo, as Comissões são fundamentais para tramitações de projetos...

...De preferência, sem polêmicas...

...Sem polêmicas! Inclusive, no ano que passou teve polêmica, foi parar no Ministério Público, com alguns vereadores protocolando lá, mas graças a Deus conseguimos fazer as Comissões e realizamos o trabalho o ano todo [foram formadas na manhã de 19 de janeiro, conforme reportagem da mesma data em MUNICIPAIS].

Haverá uma sessão solene de posse?

Não é costume aqui em Uruaçu, isso não faz parte da cultura de nossa política, como em algumas cidades, que no dia 1º de janeiro ou em outra data, realizam a sessão. Em Bonópolis, Mutunópolis, Alto Horizonte, em Porangatu, por exemplo. Um amigo meu, do PT [José Uilton], assumiu a presidência da Câmara de Porangatu e, decidiu fazer uma solenidade. Infelizmente nós não vamos fazer e, eu acho que nós poderíamos, para os anos seguintes, pensar nisso, porque é importante ter um momento solene de posse, mas por hora vai ser quando terminar o recesso. Na primeira sessão, dia 15 de fevereiro, vamos fazer alguma coisa nesse sentido.

Humildade, Trabalho e Ação é o slogan que o senhor está usando em uma rede social...

...Faz parte do nome da vida nossa. A gente vem de uma família humilde, eu abri uma página no Facebook, não é página oficial da Câmara, mas uma página do vereador Zorão e, coloquei lá Humildade, Trabalho e Ação. Foi o que mais achei que combinaria comigo, por isso optei por essa conta no Facebook.

Como se estenderá a sua relação com os demais pares ao longo de 2016?

Ainda como presidente quase não tive tempo de encontrar todos, mas com os quais tive contatos, estamos conversando, sou muito aberto ao diálogo, é de prática nossa ter um relacionamento muito bom. Graças a Deus, eu tenho um relacionamento muito bom com todos os vereadores e, nesses quatro anos da atual legislatura, a minha eleição para presidente foi a que obteve mais votos para um candidato só. Foram nove votos favoráveis e quatro que não votaram [abstenções]. Nas outras disputas, cada votação para a mesa diretora foi bem acirrada. Enfim, temos um relacionamento muito bom com todos os vereadores.

E com os servidores?

Com os servidores, graças a Deus eu tenho também tido um relacionamento muito bom, um tratamento bom. Eles comigo e eu com eles. Tenho bom relacionamento com todos eles, que ajudam a Casa de Leis funcionar, cada um prestando seu serviço com qualidade.

E a relação com o Poder Executivo?

Bom, com o Executivo, ao longo desses três anos, tivemos um bom relacionamento devido termos feito uma parceria coletiva e em favor do município e da população. Uma parceria, também político-administrativa, iniciada nas eleições 2012 através da coligação do PT com o PMDB. Nós com a prefeita Solange [Bertulino {PMDB}], onde temos total apoio legal e ela tem com a gente, sabe que pode contar conosco dentro da legalidade, porque fizemos uma coligação e estamos cumprindo à risca, tanto institucionalmente, quanto politicamente. Somos maioria e, fieis a ela, aos projetos que vêm para a Câmara e, sempre estamos trabalhando em parceria. Respeitamos os colegas não aliados politicamente, mas administrativamente os 13 vereadores trabalham por Uruaçu todos os dias, inclusive dentro dos recessos, como é o caso desses dias.

E com as demais representações?

A Câmara está de portas abertas para o bom atendimento em todos os contextos, sempre com alguém disposto em atender, ouvir as pessoas e lideranças. Eu faço questão de marcar presença nos eventos, seja do Poder Legislativo, Judiciário, Executivo, eu, nós estamos sempre marcando presença, pois as representações ajudam a cidade desenvolver, todas elas – entidades, organizações, associações de bairros, iniciativas em geral dentro das normas que regem o país, Goiás e Uruaçu. E isso: tenho o propósito de manter bom relacionamento com os meus pares, com os servidores, demais Poderes e as representações. Que ninguém deixe de dialogar com o presidente Zorão ao ter algum assunto de interesse público para tratar. Vejo que isso evita a pessoa ficar com alguma dúvida ou que surjam distorções de fatos. Eu sou de um partido, o PT, que gosta de estar no meio, interagindo com o povo. Estamos sempre juntos. Sobre essa boa relação estamos muito tranquilos. Que ninguém deixe de dialogar comigo não! E, nem com os meus colegas vereadores e os servidores da Câmara.

Balanços gerais – Prefeitura de Uruaçu e Tribunal de Contas dos Municípios (TCM): como se encontra a tramitação na Câmara?

Desse mandato [2013-2016] nada chegou aqui lá da parte do TCM, e, estamos com um caso do mandato anterior, que é o balanço de 2010. O de 2009 foi aprovado no último ano da gestão do então prefeito Lourenço [Filho, o Lourencinho {PTB}]. Os balanços de 2011 e 2012 o TCM também não enviou ainda para a Câmara. Só podemos manifestar sobre eles assim que aqui chegarem. Mas devem chegar este ano. Se chegarem, nós, desta legislatura, vamos tomar as providências necessárias...

...Fale sobre a situação do balanço de 2010.

Está na fase final, já passou o tempo de o ex-prefeito Lourenço recorrer. Ele fez a sua defesa, o prazo foi até 18 de dezembro de 2015, e ele fez a defesa. É o momento final: é só julgar. Foi estabelecido que o prazo da Câmara seria 5 de janeiro, estamos no recesso, não vamos realizar sessão extraordinária para colocar o caso em plenário, pois esse procedimento não é obrigatório e, temos prazo. Isso será feito em uma sessão ordinária [de fevereiro em diante]. Voltando do recesso, nós vamos agendar isso para o quanto antes, julgando as contas do ex-prefeito. Sabemos que não é um simples julgamento de contas. É de conhecimento público que o ex-prefeito é pré-candidato a prefeito [2016], surge pressão de todos os lados, inclusive de outros pré-candidatos. Pessoas têm nos procurado para saber a data da sessão, mas nós não temos motivo para segurar [retardar] nada. Vamos passar para a frente, colocar em votação. Cada vereador é responsável, todos poderão votar tranquilos e nós temos na Câmara assessoria contábil, assessoria jurídica qualificadas. Será rápido, até mesmo para não prejudicar o ex-prefeito e nem outros pré-candidatos. Aliás, 2016 poderá ser, no setor político e da gestão pública em geral, um cenário com discussões tensas. Eu, que sou calmo e de tom pacificado, continuarei buscando evitar atritos.

Concurso público da Câmara: sai o resultado e o chamamento será imediato?

O procedimento correto é que aguardemos todos os prazos legais e, vamos chamar dentro das necessidades da Câmara. Os aprovados dos níveis fundamental e médio talvez serão chamados mais rápido, mas não tem data estabelecida. Depois serão os de nível superior. O concurso tem prazo de validade de quatro anos. Aproveito para parabenizar todos os que participaram, foi em grande número, o que mostra a vontade das pessoas trabalharem na Câmara. Parabéns, desde hoje, também aos aprovados, que se tornarão novos servidores efetivos desta Casa de Leis, algo que é muito bom.

Nota da Redação: o resultado definitivo do concurso foi divulgado pela empresa organizadora, Instituto Brasileiro de Educação e Gestão (IBEG), dia 16 de janeiro

Na condição de presidente eleito, o senhor comentava sobre investimentos que pretende fazer. Comente.

Eu tenho diferentes pensamentos e planos, mas sou ciente de que só posso agir, em tudo, com moderação. Não medirei esforços para entregar o Poder Legislativo bem melhor que encontrei [numa referência de que o antecessor Francisco do Ônibus {PR} repassou tudo dentro da normalidade]. Se o duodécimo não cair tanto, eu quero, sim, fazer investimentos em obras civis, especialmente construção de uma estrutura para ser posto o arquivo geral, o que permitirá economia com o aluguel de uma casa e, quero também construir mais um banheiro público, com homens e mulheres passando a usar banheiros separados. Quero também comprar um outro carro, pois só um não está dando para atender os 13 vereadores.

O PT de Uruaçu permanece com pré-candidato à prefeito, normalmente...

...Temos até mais de um e, tudo pode acontecer, pois nós estamos trabalhando para isso: termos o nosso candidato a prefeito. Hoje eu sou pré-candidato, o Jairo [Balbino, também vereador] também e, todo companheiro que se manifestar será respeitado e terá vez dentro do partido, que mais adiante definirá um nome para concorrer. Tive um contato no final do ano com o Rubens Otoni, ele colheu informações e nós dissemos novamente a ao mesmo que temos um compromisso administrativo com a atual gestão, respeitamos o trabalho da prefeita, e, que, agora, início de 2016, mais do que nunca, estamos trabalhando na defesa dos interesses públicos do nosso partido, que é o PT. Respeitamos as outras siglas da aliança e temos até mesmo que ampliar o grupo. Além do PT, são o PMBD, PCdoB, PROS e agora o Solidariedade, mas o PT pretende lançar um nome. Até hoje a prefeita não se manifestou que pretende concorrer. Claro, a Solange tem a preferência, pois se trata de ela ir para a reeleição, mas isso não impede também o Partido dos Trabalhadores de ter um nome para ser discutido dentro do grupo. Até a época da campanha, igual quase todos costumam fazer, a prefeita terá que ver como ela está, como vai a avaliação dela. Sozinho ninguém ganha eleição e temos que trabalhar nesse sentido.

Enxerga com naturalidade ou não recentes declarações do Rui Falcão, presidente nacional do PT, focando o cenário econômico, o Palácio do Planalto, a equipe econômica e a presidente da República Dilma Rousseff (PT)?

A recessão atrapalha muito, mas o país não pode ficar submisso a essas coisas. Corta aqui, aumenta impostos... Não podemos viver só disso porque, senão... Eu também defendo o mesmo que o nosso presidente nacional defende: uma política econômica mais branda! Esse negócio de cortar gastos demais e sacrificar o povo é difícil, ainda mais o momento em que o nosso partido está passando. Vejo sempre o que aconteceu nos governos anteriores do PT e, não podemos deixar os programas sociais – tipo como está acontecendo com o Minha Casa Minha Vida, o Luz para Todos –, acabarem. Esses programas têm que continuar e o Rui Falcão está certo, não pode só pensar em cortar, cortar programas sociais, fazer tudo aquilo que a oposição fazia. Por outro lado, também no campo econômico, os investidores estão retraídos no Brasil inteiro, os do exterior com potenciais para aplicarem aqui, também. Primeiro: tem que resolver essa crise política. Aí o país voltar a crescer e volta a ser grande.

Está gostando dos vários investimentos em Uruaçu com verbas do governo federal?

Vemos várias obras do governo federal para serem inauguradas neste ano – duas creches [Centros Municipais de Educação Infantil]; dois PSF’s [Postos de Saúde da Família]; tem a UPA [Unidade de Pronto Atendimento 24 Horas]; um colégio na Vila Nossa Senhora D’Abadia, com um ginásio de esportes; recapeamento –, além de outros investimentos. A prefeita está olhando com muito carinho essa parte. Têm as verbas do [deputado federal] Pedro Chaves [PMDB], que virão agora para recapear ruas da Vila Primavera, Vila Sant’Ana, Vila Xique-Xique, do setor Oeste quase todo. Então, torcemos para que cheguem mesmo os dias dessas realizações. Entregaremos as casas dos três conjuntos residenciais, que já estão prontas [quatrocentas e quarenta e seis unidades], faltando apenas a Celg [empresa energética] implantar o serviço de iluminação, de ligação da rede elétrica. Com a nossa atuação junto ao deputado federal Rubens Otoni, que é do nosso partido, o PT, conseguimos a destinação de emenda para a construção de mais 150 casas para famílias quilombolas. Foi ele quem conseguiu viabilizar essa ajuda, após pedirmos de forma insistente que destravasse a liberação. No final de 2015, estivemos em Brasília vendo isso diretamente com ele e a liberação tem fluído, com a Caixa Econômica Federal tomando as providências [Zorão integrou comitiva que esteve em Anápolis dia 13 de janeiro, na Superintendência da Caixa em Anápolis, para tratativas sobre essa questão com o superintendente Ubiratan Lima Oliveira e auxiliares. Entre outros visitantes presentes, Rubens Otoni; Solange Bertulino; Jairo Balbino; e, Domingas Gouveia de Carvalho, presidente da Associação Quilombola João Borges Vieira]. A [deputada federal] Magda Mofatto [PR], vindo com emenda, para a construção do Parque Jatobá, de R$500 mil e, já inicia agora, com a assinatura da ordem de serviço sendo realidade; o recapeamento do Centro da cidade, uma conquista nossa junto ao Olavo Noleto [Subchefe de Assuntos Federativos {SAF} da Secretaria de Relações Institucionais {SRI} da Presidência da República] e ao Rubens Otoni, com a obra iniciada pela avenida Tocantins e outras avenidas, ruas centrais, deu uma parada, a empresa já recebeu a parte que já fez e, já está mobilizando para recomeçar o recapeamento. Então, esse é um ano de muita esperança para o povo de Uruaçu. Quero desejar a todos um grande ano mesmo, a todos os uruaçuenses. O povo de Uruaçu pode contar conosco! Junto, eu tenho certeza, com o Poder Executivo, estamos trabalhando em parceria, para todo dia fazer uma Uruaçu cada vez melhor.

E a Ferrovia Norte-Sul (FNS)?

Ah sim!... Isso é o sonho de vários anos, um projeto de cerca de 50 anos e a gente se sente realizado porque saiu no nosso governo do PT, ao longo desses 13 anos. Em uma reportagem no Jornal Cidade [publicada em dezembro] o ex-prefeito de Uruaçu, doutor Cristovam [Francisco de Ávila] disse que se sentiu emocionado, que foi prefeito, que muitas das vezes acreditava piamente, às vezes não imaginava mais essa possibilidade, que, na época dele, prefeito [31/01/1970-31/01/1973], já existia esse projeto ‘muito viável’ e hoje está aí uma realidade. Sentimos satisfeitos de ter saído agora, na época do governo de nosso partido, o PT e, ver um personagem tão importante da nossa história de Uruaçu ligado ao caso, testemunhando presencialmente esse momento, que foi e é o das composições passarem carregadas por terras de Uruaçu desde o dia 10 de dezembro, quando este periódico mostrou para muita gente a novidade, com texto, fotos e vídeo [no Blog do JORNAL CIDADE/Personalidades, esta entrevista contém mais duas perguntas ao final. Confira].

 

  Untitled Document
Enquete

Você conheceu pessoalmente alguém que tenha morrido devido ao frio ou ao calor?

   Sim
    Não

    Votar

    Parcial

Consulta entre 1º e 31 de julho/2018
Google
Google