Jornal Cidade - Uruaçu-GO
COLUNAS
AGENDA POLÍTICA
SOCIAL
RELIGIÃO
SABOR DA LEITURA
SAÚDE DO CORAÇÃO
ESPAÇO ESPÍRITA
ESPECIAIS
IMAGEM...
ACONTECIMENTOS
ESTREVISTAS
ARTIGOS
URUAÇU - HISTÓRIA
SERVIÇOS
FALE CONOSCO
SEJA ASSINANTE
SEJA ANUNCIANTE
INFORMES
EVENTOS
NOSSO JORNAL
EXPEDIENTE
WEBMAIL

 

 

 
EVENTOS
12-11-2015 18:11:20
Roosevelt Dagoberto assume NCST Goiás

 


Roosevelt Dagoberto, que tomou posse para comandar a NCST Goiás,
foi prestigiado por dezenas de sindicalistas e outras autoridades/
personalidades – Fotos: Márcia Cristina

 

Moacyr Roberto Tesch Auersvald destacou o trabalho de João Domingos Gomes dos Santos e José Calixto Ramos, razão de estímulo para continuar atuando no sindicalismo

 

Para João Domingos, NCST Goiás é sinônimo de evolução

 

Segundo lembrança de José Calixto, sindicalismo é feito 24 horas/dia

 

Mauro Zica Júnior esclarece: apenas deixou a presidência e,
continua na entidade como secretário-geral

 

Roosevelt Dagoberto: “Nunca deixarei de falar com companheiros”

 

Presidente Roosevelt Dagoberto e esposa Elisdalva Silva

 

Mauro Zica, José Calixto, Marinho e Roosevelt Dagoberto:
união pelo sindicalismo

 

Casal Elisdalva Silva/Roosevelt Dagoberto, Divilmar Martins da Silva (o Magrão – dirigente do Sindicato dos Servidores Públicos de Crixás [Sindicrixás, de Crixás-GO]), Pedro Luiz Vicznevski e Ivo Pereira de Arruda Filho nos bastidores do acontecimento

 

Mauro Zica, José Calixto, Roosevelt Dagoberto/esposa
e sindicalistas incentivadoras

 

Nova Central Goiás: evento de 9 de novembro reuniu
lideranças nacionais, estaduais e municipais

 

Para liderar mandato no próximo quadriênio, Roosevelt Dagoberto Silva foi empossado presidente da Nova Central Sindical de Trabalhadores em Goiás, durante cerimônia realizada dia 9 de novembro, no plenário da Câmara Municipal de Goiânia, juntamente com colegas da diretoria eleita em 24 de setembro, via chapa única de forma consensual, conforme publicação da edição 220 do Jornal Cidade, quinzena 1º a 15 de outubro. Ele, que também preside o Sindicato dos Empregados no Comércio Hoteleiro e Similares no Estado de Goiás (SECHSEG) e de atuação em outras entidades, era o então diretor-financeiro da NCST Goiás.

Para trabalhar ao lado de Roosevelt Dagoberto, foram empossados ainda o primeiro vice-presidente é Ivo Pereira de Arruda Filho (que preside o Sindicato dos Policiais Federais em Goiás [SINPEFGO]); diretor-financeiro, Pedro Pedro Luiz Vicznevski (primeiro-secretário de Finanças Federação dos Trabalhadores na Indústria nos Estados de Goiás, Tocantins e Distrito Federal [FTIEG]); e, secretário-geral, Mauro Zica Júnior, presidente antecessor.

Além dos nomes listados, na mesa da cerimônia estavam o presidente da Nova Central Sindical de Trabalhadores (NCST), José Calixto Ramos; e, o presidente da Confederação dos Servidores Públicos do Brasil (CSPB), João Domingos Gomes dos Santos. E, outras lideranças sindicais estaduais e nacionais – que também participaram, minutos antes, da sessão solene de entrega de Título de Cidadão Goianiense para Omar José Gomes, presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transportes Terrestres (CNTTT) e vice-presidente da Nova Central Sindical de Trabalhadores (NCST) (leia, sobre esse outro evento, abaixo).

Ao levar sua mensagem, Mauro Zica memorizou seus feitos realizados no comando da representação. “Estarei contribuindo com esta entidade que tenho como minha casa e que durante muitos anos defendi. Deixo o cargo da presidência e assumo o de secretário-geral para continuar contribuindo com esta Central, que é a que mais cresce no Brasil”, salientou ele, que na NCST nacional é diretor de Relações Internacionais.

Contabilizando ter 35 anos de sindicalismo com atuação com vontade, luta, conduta, história política e, citando contemporâneos, tipo Sandro Pereira Valverde e, Lucia Cioni Fantini (Dona Wania [que compôs mesa]), diretora de Formação, e, diretora Adjunta das Mulheres, da Infância e Juventude da CSPB; e, uma das diretoras da Nova Central Sindical de Trabalhadores em Goiás (NCST – Goiás), Mauro Zica relembrou, por exemplo, ter disputado campanhas eleitorais em 1990 (concorrendo para deputado estadual – “Ainda menino!”) e 2006 (para deputado federal – “Não ganhamos porque não tínhamos dinheiro para cobrir despesas legais”), além de ter sido pré-candidato a prefeito de Goiânia em 2000. Mesmo sem ganhar, marcou posição sólida, “dando trabalho” e mostrando ter lado. “Sou um homem de posição e, estou do lado do João Domingos. Se ficar mais 35 anos atuando no sindicalismo, ficarei com o João”, especificou.

Ocasião para também evidenciar Roosevelt Dagoberto, sob respeitada consideração e, elogios. “Ele é extremamente leal, irmão, é capaz e, ao decidir não me candidatar, ele foi o primeiro a se mostrar disposto, com o que concordei. Não estou deixando nada de lado e, vou ajudar o Roosevelt e os demais companheiros trabalharem, mesmo tendo que trabalhar em outras entidades. Como sindicalista, tenho orgulho de ser da Nova Central Goiás.”

Citando nomes de alguns diretores e, auxiliares, a exemplo de Zélia Nóbrega, ele agradeceu veementemente aos que ajudaram na gestão que findou e, por último fez questão de ler nomes e cargos de todos os novos componentes da nova Administração. Foi grato também diante de entidades coirmãs, como a CSPB, citando João Domingos, e, a Federação das Entidades Sindicais dos Servidores Públicos Municipais do Estado de Goiás (FESSPUMG), nominando o presidente Sandro Pereira Valverde e a assessora sindical Mailze Santos, ambos presentes.

 

‘Determinação’

“Eu estou emocionado com tantos elogios e destaco que a nova diretoria vai trabalhar com muita determinação, destreza e transparência para defender o trabalhador e valorizá-los assim como fez o presidente Mauro Zica”, vaticinou Roosevelt Dagoberto, que quando da eleição comentou ser Mauro Zica, uma peça primordial na gestão da Central. “Foi ele o responsável por tornar a NCST Goiás uma das Centrais mais representativas no Estado, a sede que temos hoje foi graças ao árduo trabalho realizado por ele”. Da mesma forma, havia categorizado que Mauro Zica teve todos os motivos para ser reeleito presidente, porém optou por não se candidatar, crendo que mudanças são necessárias, renovando os cargos e dando vez a mais sindicalistas que possam contribuir, e muito, para a entidade.

Por Moacyr Roberto Tesch Auersvald, presidente e secretário-geral da NCST e diretor-presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Turismo e Hospitalidade (CONTRATUH) ter dito que João Domingos e José Calixto significam duas crianças serelepes, João Domingos, concordando, informou ser sim, sem passar dificuldades. Reportando ao fato de que todo país democrático tem um sindicalismo organizado, ele cravou que ninguém conseguirá destruir a luta sindical, face existir uma Constituição Federal (CF) que manteve o movimento sindicato fundamentado na boa atuação e defesa dos servidores.

José Calixto disse: “Eu faço algumas meninices” e, ter satisfação enorme de trabalhar com a nova direção, da mesma forma que trabalhou com a anterior. “Estamos à disposição dessa nova diretoria”.

 

Falando à reportagem

O Jornal Cidade abordou o antecessor-sucessor e o presidente nacional, com Mauro Zica salientando todo o trabalho dele é pautado na democracia e na transparência, objetivando a qualidade de vida dos servidores públicos e trabalhadores em geral. Explicando que em um discurso às vezes não seja possível expressar tudo o que pretende, teceu elogios para o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Uruaçu, na pessoa do presidente Mário Ribeiro Filho e dos demais diretores. “O maior legado que levamos do movimento sindical é a gratidão, a lealdade. O Marinho é meu velho companheiro e tenho apreço grande pelo Sindicato dos Servidores Públicos de Uruaçu desde os tempos em que o doutor Roberto Jordão era o presidente”, confidenciou [em seguida ele se voltou para Marinho, que acompanhava a entrevista e, disse: “Você é um grande companheiro!”].

Roosevelt Dagoberto assinalou se tratar de uma data histórica. “Assumi uma grande entidade, grande gestão. Terei que dar continuidade a esse importante trabalho do amigo Mauro Zica e ver no que posso melhorar. Assumo em um momento de crise política [envolvendo o governo federal], que provoca outras crises para o país, mas nunca corri de desafios e estou preparado”. Indagado sobre trabalho em equipe, enfaticamente respondeu: “Nunca vi sucesso em lugar nenhum onde a gestão é feita sozinha pelo presidente. Quem atua com ‘mão pesada’, sem ouvir os companheiros, não obtém sucesso. Eu vou presidir de forma conjunta, conversando com os diretores”. Deixando recado para entidades coirmãs, garantiu não ser dirigente de deixar os outros a ver navio. “Contem com a Nova Central. Sou uma pessoa que não tem limite legal para apoiar coletivamente o movimento sindical”.

Sobre 2016, o presidente empossado prevê se tratar de ano um pouco mais diferenciado, mais atípico. “Nosso dever é lutar contra crise, com esforço”.

José Calixto narrou que a sucessão de 9 de novembro é um “momento, acima de tudo, de formalidade, homologação no comando da entidade. Todos vão trabalhar muito, não tem diferença”.

 

Uruaçu presente

Expondo se sentir orgulhoso por participar do evento, Marinho memorizou ao JC que a Nova Central Goiás é uma entidade importante, de relevantes serviços prestados ao longo dos anos e, parabenizando novamente a diretoria, agora empossada, pontuou: ela terá muitas novidades e conquistas para toda a categoria. Funcionário público municipal uruaçuense, cujo cargo é fiscal de tributos, Marinho também é o vice-presidente da Regional Norte da FESSPUMG.

Dizeres dele à reportagem: “Eu quero parabenizar todos os diretores que estão assumindo suas funções e desejar boa sorte a eles, dizendo que o SINDIURUAÇU está na ativa, mais do que nunca e, que contamos com o apoio da Nova Central, para que possamos atingir nossos objetivos, que não são poucos. Os que saem, vimos, trabalharam muito, sempre representando a categoria dos trabalhadores”.

Leia, a seguir, mais sobre o sindicalismo.

 

(Jota Marcelo – JC Online)

 

‘Título de Cidadania’ para Omar José Gomes

Sessão solene de 9 de novembro, foi realizada no plenário da sede da Câmara Municipal de Goiânia para entrega de Título de Cidadão Goianiense ao presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transportes Terrestres (CNTTT), Omar José Gomes, também vice-presidente da Nova Central Sindical de Trabalhadores (NCST), presidida por José Calixto Ramos.

 

A propositura para homenageá-lo foi do vereador Divino Rodrigues (PROS) e, a solenidade, presidida pelo vereador Zander Fábio (PSL), reuniu personalidades com atuação em Goiás e no País.

O parlamentar autor da honraria manifestou que a Casa de Leis concede o direito de apenas dois Títulos por vereador ao ano e sem a menor dúvida Omar foi merecedor. “Um sindicalista que aos seus 97 anos ainda dissemina força, garra e luta diuturnamente em nome dos trabalhadores, sem a menor dúvida merece esta honraria”, sublinhou, detalhando ter sido aprovado por unanimidade, resultado de anos de dedicação e serviços prestados à categoria dos trabalhadores em transportes terrestres.

De Divino Rodrigues: “Iniciei minha carreira profissional como cobrador de ônibus e poder homenagear o ‘Senhor’ Omar, líder maior neste setor, além de merecida, e pela forma como foi aprovado este ‘Título’, por unanimidade pelos meus colegas de bancada, demonstra o quando este homem é respeitado pelos serviços prestados para os trabalhadores, as trabalhadoras, em transporte em todo país. Senhor Omar, seja bem-vindo a nossa cidade”, desejou e, mais: “Muito orgulho para mim e para essa Casa, receber e homenagear esse homem que tem um passado brilhante e, como um grande sindicalista, representa com orgulho o transporte no Brasil. A minha passagem pela Câmara já valeu a pena por poder homenageá-lo”.

 

Emocionado e brincalhão

Morador no Estado do Rio de Janeiro, Omar José Gomes estava acompanhado de um neto – Alex Nunes. A esposa deixou de viajar na última hora, informou, face ocorrência burocrática, ao lidar, ela, com tratamento de saúde. Natural de Itaocara-RJ, Omar começou no ramo dos transportes aos 22 anos como cobrador de ônibus. Foi condutor de bonde e motorista de ônibus urbanos e intermunicipais. “Quando perguntam minha profissão, eu respondo: ‘motorista’”. Em 1959, fundou com amigos o Sindicato dos Condutores de Nova Iguaçu, assumindo a presidência de 1963 a 1972. Desde 1994, assumiu a presidência da CNTTT.

Dirigente da entidade sindical de grau superior, representante dos trabalhadores em transportes rodoviário, ferroviário e metroviário, fundada em 1952, agradeceu a homenagem e, em seguida fez um breve relato de sua trajetória política sindical. No auge de seus quase 100 anos, arrancou sorrisos e aplausos ao lembrar seus tempos iniciais de caminhoneiro e, principalmente, sua primeira disputa para presidir o Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Nova Iguaçu-RJ – Isso, se dizendo muito namorador naquela época, pelas cidades onde passava, no exercício da profissão.

“Sempre digo: ‘Quem quiser me homenagear, que o faça enquanto estou vivo’”, comunicando, ainda no início do discurso, se sentir honrado por se tornar “de fato e de direito cidadão de Goiás, através do Município de Goiânia”.

Também: “Não me arrependo de nada que já fiz. Trabalho incessantemente e de cabeça erguida para que os direitos dos trabalhadores e das trabalhadoras em transportes sejam respeitados, preservados e ampliados”. O agraciado, emocionado demais, completou: “Meu coração hoje não tem mais força”.

 

Presenças

A mesa da sessão foi composta por Antônio de Cássia Neto, superintendente executivo de Infraestrutura, representando o governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB); João Domingos Gomes dos Santos, presidente da Confederação dos Servidores Públicos do Brasil (CSPB); José Calixto Ramos e Moacyr Roberto Tesch Auersvald, presidente e secretário-geral da NCST (Tesch Auersvald igualmente é diretor-presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Turismo e Hospitalidade [CONTRATUH]); Jaime Bueno Aguiar, presidente da Federação dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários nos Estados de Goiás e Tocantins.

Da mesma forma, nomes da Nova Central Sindical de Trabalhadores em Goiás (NCST Goiás, já considerando a formatação da direção empossada naquela tarde) – Roosevelt Dagoberto Silva, presidente; Ivo Pereira de Arruda Filho, vice-presidente e, presidente do Sindicato dos Policiais Federais em Goiás (SINPEFGO); Mauro Zica Júnior, secretário-geral; Pedro Luiz Vicznevski, diretor-financeiro, também primeiro-secretário de Finanças da Federação dos Trabalhadores na Indústria nos Estados de Goiás, Tocantins e Distrito Federal (FTIEG); e, Luzia Pedroso, secretária (ela preside o Sindicato dos Servidores Públicos do Município de Goiás).

De João Domingos, sobre o agraciado, durante discurso: “É de valor inestimável o que ele representa para o Sindicato brasileiro” e pontuou: todas as gerações do sindicalismo, inclusive as mais jovens, precisam fazer uma reflexão sobre o trabalho de Omar José Gomes, com a meta de não desistirem. Ele relatou que o amigo atende pelo apelido de Santo Antônio, detalhando: “Santo Antônio... Multiplicando muita coisa e, ele é uma pessoa carinhosa, com energia. Goiânia se sente honrada”.

Ressaltado que sua relação com Omar José Gomes é antiga, pois têm “idades mais próximas”, José Calixto considerou que o novo filho da capital de Goiás é um homem de bem, com grandes serviços prestados e que a honraria é justa.

Roosevelt Dagoberto: “Omar José Gomes, homem honrado, está passando a vida inteira se dedicando ao sindicalismo, lutando pelos servidores e funcionários em geral. É uma referência de pessoa”.

A reportagem mostrou a eles recentes conteúdos jornalísticos publicados neste periódico evidenciando suas atuações. João Domingos, José Calixto e Roosevelt Dagoberto foram unânimes nos comentários: fruto de atuação coletiva séria, favorecendo servidores e funcionários.

Presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Uruaçu, Mário Ribeiro Filho opinou ao Jornal Cidade sobre o Título de Cidadão Goianiense recebido por Omar José Gomes, categorizando: a propositura, aprovada por unanimidade, reflete justa homenagem e é mais que legítima, merecida, é fruto da conquista de décadas de trabalho do novo goianiense, “homem reconhecido por todos nós e muita gente como um grande cidadão, que sempre desempenhou bem seu papel caminhando dentro da humilde e honestidade”. “A ligação do ‘Seo’ Omar com Goiás é grande e de respeito,” completou Marinho, ladeado por outros colegas de Sindicatos Municipais, no plenário do Poder Legislativo da capital.

Ao encerrar a sessão os diretores empossados receberam os cumprimentos de companheiros, amigos, familiares.

 

Na composição da mesa da sessão de entrega do Título de Cidadão Goianiense para Omar José Gomes, outros sindicalistas e representantes classistas nacionais e estaduais

 

Câmara Municipal de Goiânia, entrega do Título: vereador Divino Rodrigues; Omar José Gomes; Alex Nunes (neto do agraciado); Jaime Bueno Aguiar; Mauro Zica; Ivo Pereira de Arruda Filho; João Domingos; e, Roosevelt Dagoberto

 

Nomes do sindicalismo público e outras lideranças classistas presentes

 

Marinho, Dona Wania e Murilo Henrique
(presidente do SINDICALDAS – Caldas Novas-GO)

 

Propositor Divino Rodrigues, ao fazer uso da palavra

 

Omar José Gomes no parlatório: experiência e emoção

 

Jaime Bueno Aguiar; José Calixto; Omar José Gomes;
Marinho; e, João Domingos

 

Luzia Pedroso e Omar José Gomes

 

Marinho, com Omar José Gomes, novo goianiense, em 9 de novembro

 

(Jota Marcelo e Márcia Cristina. Com agências/Comunicação JC Online)

Histórico
  » 24-04-2016 10:04:32 - AJE Goiás promove ‘Bate-Papo de Negócios’
  » 18-04-2016 10:04:04 - Marciell Lázaro – ‘Resolvemos fazer o mutirão para resolver o problema do povo de Uruaçu’
  » 19-02-2016 10:02:02 - Reverendo Vilson Guedes lança livro e diz que a eternidade é importante
  » 22-12-2015 11:12:49 - Iraci Barbosa promove mais uma edição do ‘Natal Solidário da Criança’
  » 15-12-2015 19:12:17 - Reza de Santa Luzia: mantida tradição de ‘Dona’ Belarmina Cândida Pereira
  » 12-11-2015 18:11:20 - Roosevelt Dagoberto assume NCST Goiás
  » 06-11-2015 17:11:50 - Novena à Mãe e Rainha de Schoenstatt é realizada em Uruaçu
  » 05-10-2015 15:10:08 - Escritório Paulo Paiva Advogados e advogado Paulo Paiva são lembrados como mais admirados do Direito em Goiás
  » 09-09-2015 17:09:10 - Formatura UNOPAR URUAÇU - 2015/1
  » 14-06-2015 22:06:55 - Em Uruaçu, deputado Zé Antônio reafirma compromissos
veja o histórico completo
  Untitled Document
Enquete

Você conheceu pessoalmente alguém que tenha morrido devido ao frio ou ao calor?

   Sim
    Não

    Votar

    Parcial

Consulta entre 1º e 31 de julho/2018
Google
Google