Jornal Cidade - Uruaçu-GO
COLUNAS
AGENDA POLÍTICA
SOCIAL
RELIGIÃO
SABOR DA LEITURA
SAÚDE DO CORAÇÃO
ESPAÇO ESPÍRITA
ESPECIAIS
IMAGEM...
ACONTECIMENTOS
ESTREVISTAS
ARTIGOS
URUAÇU - HISTÓRIA
SERVIÇOS
FALE CONOSCO
SEJA ASSINANTE
SEJA ANUNCIANTE
INFORMES
EVENTOS
NOSSO JORNAL
EXPEDIENTE
WEBMAIL

 

 

 
EVENTOS
18-04-2016 10:04:04
Marciell Lázaro – ‘Resolvemos fazer o mutirão para resolver o problema do povo de Uruaçu’

Usuários do sistema público de saúde no início do mutirão – Fotos: Márcia Cristina

 

Panorâmica externa de parte dos estandes

 

Atendimentos ao longo de um dia de trabalho...

 

...E em datas futuras, na sequência dos procedimentos

 

Cada estande com a sua especialidade

 

Prefeita Solange Bertulino medindo a pressão arterial – Mais fotos, abaixo

 

Marciell Lázaro, secretário municipal da Saúde de Uruaçu, relembra em entrevista ao Jornal Cidade que a saúde pública de todo o Brasil passa por dificuldades, por crise. “Em Uruaçu, não está sendo diferente, mas temos tentado trabalhar ao máximo para resolver a situação”, salienta. Comentando sobre o mutirão da saúde promovido pela Secretaria Municipal da Saúde de Uruaçu em 7 de abril, Dia Mundial da Saúde, expôs: “Nós resolvemos fazer o mutirão e oferecer essas especialidades para resolver o problema do povo de Uruaçu”.

Na véspera, a SMS promoveu carreata em vias públicas do Centro e de outros bairros com o intuito de ampliar a série de convites, iniciada dias antes.

Leia a entrevista; e, confira as informações nas submatérias.

 

Mais de dois mil atendimentos

Dados do mutirão da saúde fornecidos pela SMS contabilizam:

-Foram realizados mais de dois mil atendimentos médicos, entre os quais mais de trezentas consultas.

-Consultas (otorrinolaringologia): 70; mais 60 agendadas.

-Consultas (oftalmologia): trezentas; mais trezentas agendadas (para abril e maio).

-Consultas (odontologia): 178 (liberadas); cerca de 50 procedimentos; outras dezenas de consultas agendadas; e, distribuição de mil kits de higiene bucal.

-Consultas (dermatologia): 30; mais agendamento de 120.

-Consultas (clínico geral): dezenas e, agendamento de outras.

-Exames clínicos (glicemia; outros): dezenas.

-Aferimentos de pressão arterial: dezenas.

-Testagem de doenças sexualmente transmissíveis (DST); distribuição de camisinhas: dezenas.

-Medicamentos: “Foram receitados mais de R$50 mil”, comenta Marciell, destacando que esse montante também é custeado pela Secretaria da Saúde.

-Vacinas; atualização do Cartão de Vacinação: dezenas.

-Campanha/coleta de doação de sangue: mais de cem bolsas.

-Orientações em geral, inclusive de primeiros socorros.

-Palestras.

-Aumento da frota de veículos, com a compra de uma ambulância zero-quilômetro (parceria com a Câmara Municipal), entregue no decorrer do evento.

-Atendimentos em geral de órgãos de saúde pública parceiros (*): dezenas.

-Distribuição de pipoca, picolé, balinha.

-Funcionamento de playground ao longo do dia (diversão para as crianças).

-Atrações educativas e culturais.

 

(*) Vários órgãos, departamentos, profissionais, representações colaboraram (com atuação): Centro de Testagem e Aconselhamento em DST – HIV/AIDS, Sífilis e Hepatites Virais (CTA); Estratégia Saúde da Família (ESF); Centro de Reabilitação Dr. Fernando Durães; Núcleo de Vigilância Epidemiológica; Núcleo de Controle Ambiental de Vetores; Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF); Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu/192); Centro de Especialidades Odontológicas (CEO); Centro de Atenção Psicossocial (CAPS); Serviço de Verificação de Óbitos (SVO); Unidade Municipal de Pronto Atendimento (UMPA) (Ambulatório 24 Horas - Centro de Assistência Integral à Saúde [Cais 24 Horas]); agentes comunitários de saúde (ACSs); agentes de combate às endemias (ACEs); funcionários da SMS em geral; e, Hospital Santana

 

Doutor Mateus Damasceno: atendimentos oftalmológicos

 

Secretário Marciell Lázaro ajudando nos atendimentos, nas orientações

 

No geral, o mutirão resultou em mais de dois mil atendimentos

 

Crianças olhando os bichos. Interesse por assuntos do Núcleo de Controle Ambiental de Vetores

 

 

ENTREVISTA – Marciell Lázaro, secretário municipal da Saúde de Uruaçu

 

Secretário Marciell Lázaro: “O meu pedido foi, é, sempre será para toda a equipe da Saúde fazer o de melhor”

 

Comente a importância do evento.

A importância desse evento é muito grande porque hoje a saúde pública de todo o país passa por crise. Em Uruaçu, não está sendo diferente, mas temos tentado trabalhar ao máximo para resolver a situação. Nesta comemoração ao Dia Mundial da Saúde oferecemos muitas especialidades, inclusive consultas e cirurgias eletivas [quando são agendadas previamente], que não são conseguidas facilmente pela Regulação [Central de Regulação]. Por exemplo, atendemos neste 7 de abril, pacientes em busca de especialidades como oftalmologia, otorrinolaringologia, odontologia, dermatologia. Sempre essa procura é muito grande e vagas não são conseguidas facilmente. Nós resolvemos fazer o mutirão e oferecer essas especialidades para resolver o problema do povo de Uruaçu. A minha, a nossa expectativa já era alcançada logo pela manhã. Graças a Deus o pessoal veio, compareceu. Melhor, impossível!

 

Momentos antes do início, o senhor comentava sobre novidades positivas para os usuários.

Foram colocados à disposição outros benefícios além dos que divulgamos, com grande número de atendimentos. Veja a importância da coleta de sangue! Nós usamos o Hemocentro de Ceres, que está passando por crise devido a falta de sangue e, Uruaçu tem dado respaldo com campanhas de doação sangue feita por nós mais uma vez. No mês passado teve, este mês novamente, porque uma gota de sangue pode salvar uma vida. Nós temos investido muito no Hemocentro para que ele possa ajudar as pessoas muito mais e não faltar sangue para nossa cidade. Quero parabenizar os profissionais do NASF [Núcleo de Apoio à Saúde da Família] e do CTA [Centro de Testagem e Aconselhamento em DST – HIV/AIDS, Sífilis e Hepatites Virais].

 

Importante lembrar da existência de um padrão de qualidade recomendado pela Secretaria Municipal da Saúde.

É um reforço a mais porque sabemos que muitas vezes é difícil a pessoa chegar e conseguir o atendimento na hora. Planejamos o mutirão para que todos fossem atendidos na hora, sendo consultados, fazendo exames, com resolução dos problemas do cidadão o quanto antes, sem perda de qualidade. Aqui não vai cair nada [qualidade do atendimento], muito pelo contrário: idealizamos fazer melhor do que já temos feito. O meu pedido foi, é, sempre será para toda a equipe da Saúde fazer o de melhor. Então, aqui hoje não poderia ser diferente: cada um consultado, encaminhado, medicado da melhor forma possível.

 

Sabe-se que o serviço é continuado.

Mesmo se tratando de mutirão, com nós ninguém precisa se desesperar, até mesmo porque isso aqui foi só o início. Envolvendo 100% das especialidade oferecidas no Dia Mundial da Saúde, foram cadastrados nomes e contatos das pessoas que não conseguiram atendimentos. Todos serão atendidos a partir da semana seguinte. Cada dia com uma especialidade trabalhada o dia todo. Todo usuário que buscar atendimento com oftalmologista, dermatologista, otorrinolaringologia e outras áreas tem atendimento garantido.

 

O que tem a dizer sobre o apoio prestado por tantos profissionais da saúde no evento?

Essa equipe minha é muito sofrida, é empenhada. Quando o assunto é saúde pública as pessoas querem que se resolva tudo a tempo e a hora. Esta equipe eu quero parabenizar, tem trabalhado dia e noite, muitas vezes nos feriados, quando muitos divertem, a equipe da saúde pública de Uruaçu continua de plantão trabalhando. Esta realização só foi possível porque teve o empenho de todos, de todos mesmo! Isso aqui não é mérito de secretário, é mérito da equipe de saúde. Agradeço de coração e vai o meu abraço a todos os funcionários da saúde, desde o zelador até nossos auxiliares diretos. Estão todos de parabéns com o apoio neste evento. Agradeço também a presença de todos que compareceram, inclusive de vocês jornalistas.

 

Avalie o combate ao mosquito da dengue e de outras doenças.

Não é só dengue, tem zika e outras [chikungunya, zika, febre amarela.]... Eu até brinco que ele, mosquito, evolui mais que o ser humano, porque ele está contaminando quatro, cinco e o ser humano até hoje não conseguiu combater o mosquito. Uruaçu está tendo combate dia a dia contra a dengue. Estamos fazendo o Dia D de Combate à Dengue todo mês. O de abril está marcado para os dias 26 e 27, mas tem uma coisa: esse mosquito só vai acabar quando a população conscientizar, pois a dengue é um problema de todos e a solução está nas mãos de todos. Se todos conscientizarem tem como acabar. Se não conscientizarem, não tem como, porque não é só a Secretaria da Saúde que tem de tratar, de se preocupar. Nós temos gastado muito, inclusive com material, informando nas escolas e em outros lugares mostrando para as pessoas que todos devem cuidar da sua casa. Não pode deixar água parada, não deixar lixo, ajudar combater de todas as formas, pois a situação ficou mais grave e agora não é apenas só dengue. Gastamos muito com esse material, divulgando, investimos muito em outras ações de combate, só que até hoje o povo não conscientizou. Tem que conscientizar para acabar.

 

Uma ambulância zero-quilômetro entregue no mutirão, em gentileza da Câmara Municipal de Uruaçu...

...É um reforço importante. A demanda aumentou muito na Secretaria da Saúde, tem dia que não temos uma ambulância aqui, pois todas estão em viagem. Essa ambulância veio em boa hora, precisamos muito, a população precisa. Ela foi doada pela Câmara Municipal de Vereadores na gestão do Francisco do Ônibus [presidente da Casa de Leis em 2015, via economia ao longo de um ano]. Ela vem para ajudar a Secretaria e dá respaldo para a população de Uruaçu. Nosso muito obrigado ao Francisco do Ônibus [vereador pelo PMDB] e aos demais [doze] vereadores [em 2016, a Câmara é presidida por Zorão {PT}].

 

Como se sente em poder ajudar tantas pessoas, na condição de secretário?

Não tenho nem palavras para responder, porque é gratificante. Quando se atende uma pessoa, você resolve o problema dela de saúde, quando ela chega até você e fala Obrigada, eu fui curada!, não tem dinheiro, não tem preço. Cada dia dá vontade de trabalhar mais e estamos aí, fazendo isso para o povo de Uruaçu, que é carente e, precisa de atenção, uma ação amorosa como esta aqui. É um povo que reconhece o trabalho da Secretaria. Cada dia eu quero fazer mais, dá aquela vontade de fazer mais e mais e, quando não consigo, eu fico triste, haja vista a gente tentar, mas nem tudo depende de mim. Depende da Regulação de Goiânia, da Regulação de Anápolis. Muitas vezes da Regulação de Porangatu, que é a sede do Samu [Serviço de Atendimento Móvel de Urgência {Samu/192}]. Eu fico triste quando não é possível atender a todos a tempo e a hora.

 

Nem sempre é possível atender conforme as expectativas dos usuários e, dizer a verdade é excelente alternativa. Correto?

Não abro mão mesmo. Opino que a gente tem que ser verdadeiro. Se eu posso fazer eu falo que posso, se não tiver como eu também falo. Creio que não é justo enrolar a pessoa, o paciente e, se é algo que não se resolve aqui talvez é possível conseguir de uma outra forma legal. Então, eu não gosto de embromar, não embromo ninguém e acho que tem que ser por aí. O serviço público tem que ser moralizado, as pessoas sempre merecem ter respeito e nossa obrigação é prestar um serviço de qualidade, sem mentira e sem covardia. A cada dia a Secretaria tem trabalhado para fazer o de melhor.

[Outras informações nas submatérias.

 

Beneficiários e profissionais comentam importância do mutirão

Moradores-usuários do sistema da saúde pública de Uruaçu e profissionais da área foram ouvidos pelo Jornal Cidade antes e durante as atividades de 7 de abril, Dia Mundial da Saúde. Eles emitiram opinião sobre a realização do mutirão, promovido pela Secretaria Municipal da Saúde (SMS), comandada por Marciell Lázaro. Confira:

 

Felipe Rodrigues

Integrante de família contemplada – Bairro São Vicente

Pai (ladeado pela mãe) das crianças Tássio Gabriel e Maycon Douglas (dois e sete anos), ele disse que os filhos seriam beneficiados, com atendimentos, opinando “ser muito boa” a iniciativa da Secretaria. A avó materna deles também lidaria com procedimentos oftalmológicos.

 

Valdemar Pereira de Souza

Usuário da saúde pública – Centro

“Isso aqui é bom demais. Nem todos têm dinheiro para pagar pelos serviços na rede particular. Primeiro de tudo temos que cuidar é da nossa saúde. Eu quero agradecer a Secretaria por esse atendimento.”

 

Antônio Newton Júnior

Usuário da saúde pública – Vila Dourada II

“A iniciativa é importante e devia acontecer mais vezes. Eu estou em busca de serviço oftalmológico, preciso de uma consulta. Espero qualidade máxima.”

 

Doutor Augusto Ulhoa

Médico

Profissional com atuação na Secretaria e no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu/192) (Samu Uruaçu), doutor Augusto Ulhoa (à dir. - ladeado pelo colega médico Diego Lima Rocha [doutor Diego Lima]) comentou que a iniciativa aproxima a comunidade do prestador de serviço (Secretaria). Ele relembrou à reportagem o amplo trabalho desenvolvido no dia a dia pelos órgãos públicos em que atua, além de citar outros que lidam com a saúde pública, sempre beneficiando os usuários. Focando a chegada do Serviço de Verificação de Óbitos (SVO) a Uruaçu, doutor Augusto informou que a estrutura ajuda, por exemplo, na avaliação da causa da morte natural desconhecida, visando fornecer elucidação diagnóstica e informações complementares ao serviço de epidemiologia e, de políticas de saúde pública em geral. O JC abordará o SVO e suas atividades em breve.

 

Daniela Araújo

Estudante de Medicina em último ano, na Universidad de Aquino Bolivia (Udabol), com sede em Santa Cruz de la Sierra (Bolívia)

De Uruaçu, ela (foto abaixo) faz internato (estágio automático) no Hospital Santana, sediado em Uruaçu e, disse que a necessidade popular é de forma contínua e que a Secretaria está certa em providenciar atendimentos para número máximo de usuários do sistema público da saúde local.

 

 

Alvimar Filho

Estudante de Medicina em último ano, na Universidad de Aquino Bolivia (Udabol), com sede em Santa Cruz de la Sierra (Bolívia)

Natural de Rio Branco-AC, ele (foto acima) também faz internato no Hospital Santana e, comentou que pelo fato de a Unidade Municipal de Pronto Atendimento (UMPA), comumente chamada de Ambulatório 24 Horas - Centro de Assistência Integral à Saúde (Cais 24 Horas) estar quase sempre lotada, “pois a procura é grande e, a população precisa, o mutirão da saúde ajuda demais, principalmente com a atuação de vários profissionais ao mesmo tempo. A iniciativa é importante e estamos aqui para apoiar quem precisa”.

 

Roney de Souza

Matemático/Hospital Santana

Integrante da direção do Hospital Santana, atendeu a reportagem comentando que Uruaçu nunca apresentou um mutirão da saúde tão abrangente como o de 7 de abril e que “unidos, em prol das pessoas, que marcaram presença em peso, o trabalho de todos, inclusive da equipe do Hospital Santana presente aqui no acontecimento, é desenvolvido com qualidade ao longo do dia. Hospital Santana, que é parceiro para ajudar”.

 

[Leia mais na submatéria final.

 

 

Câmara de Vereadores doa Ambulância, entregue no mutirão

 

Ambulância foi entregue para a Secretaria da Saúde durante o mutirão. Na foto, os vereadores Jairo Balbino (esq.) e Zorão (dir.) fazem entrega oficial para a Secretaria/Prefeitura, representadas por Marciell Lázaro, secretário da Saúde e, Solange Bertulino, prefeita

 

Zorão (esq.), ao visitar estande do CAPS, com Marciell Lázaro e Jairo Balbino: “No que depender da Câmara, estaremos sempre à disposição, através dos 13 vereadores, para ajudar”

 

Solange Bertulino, no estande da Vigilância: atendimento completo, “com consultas, encaminhamentos, exames, cirurgias e o que for necessário”

 

Solange, secretário Marciell Lázaro e, outras autoridades e personalidades durante o mutirão

 

Francisco do Ônibus, presidente da Câmara em 2015, fez repasse de R$70 mil para aquisição da ambulância – Foto: Márcia Cristina/Arquivo

 

Procurado pelo Jornal Cidade antes do início do mutirão da saúde, o vereador Zorão (PT), presidente da Câmara Municipal de Uruaçu e que se fazia presente, enalteceu o trabalho liderado pela Secretaria Municipal da Saúde (SMS), através do secretário Marciell Lázaro. “É a oportunidade de ‘desafogar’ a procura, pois muita gente espera por atendimentos, dos mais variados. Eu até sugiro que novas etapas do mutirão sejam realizadas, pois tem muita gente precisando. Justamente por ser grande a procura é que toda Prefeitura, não só de Uruaçu, mas de todo o Brasil, encontra dificuldades para atender conforme gostaria. No que depender da Câmara, estaremos sempre à disposição, através dos 13 vereadores, para ajudar nesse tipo de realização”.

Zorão frisou se sentir orgulhoso pelo fato de a Casa de Leis oficializar naquele 7 de abril, Dia Mundial da Saúde, a entrega de uma ambulância zero-quilômetro para a Prefeitura, “fruto de economia feita pelo nosso amigo Francisco do Ônibus [PMDB] no ano passado”.

Conforme amplamente informado pelo JC em novembro e dezembro, Francisco do Ônibus, presidente da Câmara de Vereadores em 2015, repassou espontaneamente, dentro do último mês do ano passado, R$70 mil para a Prefeitura comprar a ambulância, reforçando a frota da Secretaria Municipal da Saúde (SMS).

Dia 31 de dezembro (último dia da presidência dele), foi autorizada também a devolução de exatos R$71.050,00 para a Prefeitura, totalizando R$141.050,00.

Em diversas faixas horárias, diferentes vereadores compareceram ao evento.

 

Prefeita Solange

Para Solange Bertulino (PMDB), prefeita uruaçuense, a ambulância é de importância ímpar, pois sana parte dos problemas com transporte intermunicipal de pacientes. “Agradeço imensamente ao então presidente Francisco do Ônibus, que economizou recursos e com a devolução de valores do duodécimo, tivemos a oportunidade de comprarmos a ambulância. Obrigado toda a Câmara, em especial ao vereador Francisco do Ônibus”, disse a prefeita, atendendo a imprensa em coletiva e individualmente no início do evento.

A prefeita manifestou que a meta do mutirão – atender por completo, em diferentes especialidades –, seria alcançada de maneira satisfatória, até mesmo pelo número de populares “presentes logo pela manhã. Eles atenderam nosso convite e todos serão atendidos, com consultas, encaminhamentos, exames, cirurgias e o que for necessário. É importante, pois nem sempre conseguimos pactuar, como gostaríamos, os protocolos clínicos e de regulação de acesso na Central [de Regulação]. O secretário Marceill e toda a equipe dele estão de parabéns, pois não é fácil organizar um evento tão grandioso – e que resolve os problemas –, como este aqui”.

Solange categorizou ainda que a preocupação da Prefeitura para com o programa geral contra a dengue agrupa dezenas de agentes de combate às endemias, percorrendo todos os bairros de Uruaçu, visitando 100% dos imóveis, prevenindo e identificando focos do mosquito Aedes aegypti. Mais que essas habituais ações a Prefeitura desenvolve campanhas próprias e cumpre outras em parceria, além dos pedidos constantes de ajudas e ações perante a população. “É importante dizer que saúde é um estado permanente de vigilância e o mosquito é persistente. Ele tem uma capacidade incrível de reproduzir. Neste dia, que possamos avaliar nossas condutas pessoais, a partir deste momento, para podermos sanar de vez esse mosquito que tem ceifado muitas vidas no Brasil e, também em nosso município”, assinalou Solange.

A prefeita estava acompanhada de secretários; outros auxiliares; e, aliados que até o início de abril ocupavam cargos no Poder Executivo e que se desincompatibilizaram para se candidatarem a cargos eleitorais dentro do pleito de 2 de outubro.

 

Marciell Lázaro, Solange Bertulino e vereadores no estande do Centro de Especialidades Odontológicas (CEO)

 

Equipe do Hospital Santana que atuou no mutirão; outros profissionais; a prefeita; e, o secretário da saúde

 

No estande do Samu...

 

...Secretário Marciell Lázaro e outros profissionais do Samu e, do SVO

 

A prefeita e profissionais do CTA

 

Núcleo de Controle Ambiental de Vetores: atuação ímpar no cotidiano, em trabalho elogiado por autoridades e populares

 

Do secretário Marciell Lázaro (com a prefeita Solange Bertulino e Gotinhas): “A cada dia a Secretaria tem trabalhado para fazer o de melhor”

 

Criançada também divertiu

 

(Jota Marcelo e Márcia Cristina – JC Online)

 

Histórico
  » 24-04-2016 10:04:32 - AJE Goiás promove ‘Bate-Papo de Negócios’
  » 18-04-2016 10:04:04 - Marciell Lázaro – ‘Resolvemos fazer o mutirão para resolver o problema do povo de Uruaçu’
  » 19-02-2016 10:02:02 - Reverendo Vilson Guedes lança livro e diz que a eternidade é importante
  » 22-12-2015 11:12:49 - Iraci Barbosa promove mais uma edição do ‘Natal Solidário da Criança’
  » 15-12-2015 19:12:17 - Reza de Santa Luzia: mantida tradição de ‘Dona’ Belarmina Cândida Pereira
  » 12-11-2015 18:11:20 - Roosevelt Dagoberto assume NCST Goiás
  » 06-11-2015 17:11:50 - Novena à Mãe e Rainha de Schoenstatt é realizada em Uruaçu
  » 05-10-2015 15:10:08 - Escritório Paulo Paiva Advogados e advogado Paulo Paiva são lembrados como mais admirados do Direito em Goiás
  » 09-09-2015 17:09:10 - Formatura UNOPAR URUAÇU - 2015/1
  » 14-06-2015 22:06:55 - Em Uruaçu, deputado Zé Antônio reafirma compromissos
veja o histórico completo
  Untitled Document
Enquete

Você conheceu pessoalmente alguém que tenha morrido devido ao frio ou ao calor?

   Sim
    Não

    Votar

    Parcial

Consulta entre 1º e 31 de julho/2018
Google
Google